Último final de semana, de 23 a 25 de agosto no Clube Hípico de Santo Amaro!
VOLTAR

FELIPE RODRIGUES

Contemporânea

Nascido em Santo Ângelo (RS) em 14 de agosto de 1981, o jovem Felipe Rodrigues adquiriu vasta experiência na gastronomia contemporânea mundo afora. Com passagem pela Suécia, Reino Unido e Peru, seu retorno aos fogões brasileiros se deu com a escolha do Palácio Tangará – primeiro hotel na América do Sul que integra o seleto portfólio de masterpieces da Oetker Collection -, em São Paulo, como local de aprendizado e oportunidade de criação.  Começou como head chef do restaurante Tangará Jean-Georges em 2017, tendo assumido em fevereiro o posto de chef executivo do Palácio Tangará.

Felipe começou sua carreira internacional em 2003 no Reino Unido, no The Gore Hotel, situado no Carlton Mitre Hotel e no restaurante Searcy’s, do Barbican Centre. Seu aprendizado o rendeu posições progressivas nesses postos, primeiro como commis chef, depois demi e então chef de partie, concluindo sua experiência inglesa como sous chef júnior no aclamado restaurante londrino Belvedere, de Marco Pierre White, onde atuou até 2007.

De lá, foi explorar a cozinha sueca, onde trabalhou como chef de partie em Gotemburgo, primeiro no Hotel Avalon e depois no Sjömagasinet, restaurante reconhecido com uma estrela Michelin. Foi então que Felipe mergulhou no universo gastronômico natural de Mathias Dahlgren, atuando como chef de partie no Food Bar do Grand Hotel de Estocolmo (uma estrela Michelin), e depois como sous chef e então como head chef do restaurante Mathias Dahlgren (duas estrelas Michelin). Experiência adquirida entre os anos de 2009 e 2013.

Voltando-se para a gastronomia latina, Felipe passou o ano de 2014 em Lima, Peru, onde fez uma viagem de pesquisa e estagiou nos restaurantes Central, Maido e Astrid & Gaston. Retornou então ao Brasil, abrindo a empresa OneChef em São Paulo, através da qual realizou entre os anos de 2014 e 2016 jantares particulares e harmonizados, e também fez food styling.

Além dessas experiências robustas, Felipe também participou dos jantares para o renomado White Guide – Sweden com os chefs René Redzepi (Noma), Alain Passard (L´Arpege), David Chang (Momofuku) e Gastón Acúrio (Astrid & Gastón), entre os anos de 2010 e 2013 no Grand Hotel de Estocolmo, no restaurante Mathias Dahlgren.                                                                          

Felipe também colaborou no jantar-tributo a Paul Bocuse durante o Bocuse d´or, no Les Grands Chefs du Monde, em 2013, em Lyon. Ele também fez parte da equipe que preparou o jantar de casamento da Princesa Madeleine da Suécia, no mesmo Grand Hotel de Estocolmo, em 2013, e, finalmente, integrou a equipe do restaurante Central (do Peru), durante o terceiro ‘Great Food for a Better World’, evento produzido pela Gastromotiva em 2016 na cidade de São Paulo.

COMPRAR INGRESSO

Parceiros